Olá!

Qual é a sia regra do ouro? - Todos nós já ouvimos amigos ou pessoas do nosso convívio dizer que possuem uma regra de ouro. E você, tem uma regra de ouro?

Napoleon Hill referia-se a regra de ouro como a capacidade de nos colocar no lugar da outra pessoa, de ser simpático com a ideia das outras pessoas. Segundo ele, para influenciar nossos colaboradores, pares, filhos ou qualquer pessoa com quem nos relacionamos : primeiramente precisamos ouvir atentamente o que a outra pessoa tem para dizer. Demonstre interesse genuíno pelo que a pessoa está dizendo... Controle-se para não interromper o seu interlocutor e procure escutar seus pensamentos até o final dos mesmos. Lembre-se que... Quem controla uma conversa não é quem fala, e sim quem pergunta. Portanto pergunte mais e fale menos! Sempre que coloco no lugar de outrem, consigo viver a experiência desta pessoa e me aproximar ainda mais dela.

A regra de ouro do Master Mind

Segundo o Livro A Lei do Triunfo a Regra do Ouro é uma das premissas presente na quase totalidade das religiões, embora aqui não está com conotação religiosa ela traz um grande ensinamento para todos nós que vivemos em grupos e somas cada vez mais obrigados a trabalhar em equipe, principalmente com diversidades cada vez mais gritantes, portanto precisamos pratica-la cada vez mais.

''Todas as coisas portanto, que quereis que os homens vos façam, vós também tendes fazer do mesmo modo a eles''

Encontramos profissionais que gostariam que a empresa reconhecesse seu valor, aumentasse seu salário, concedesse benesses extras, enfim, o valorizasse como profissional; no entanto, apenas querem e não fazem nada além do seu dia a dia profissional para receber isso, muitos ainda falam mal da empresa, do chefe e da sua função, querem o melhor que o mundo profissional pode lhes proporcionar e infelizmente não fazem nada por merecer. Se queremos ser reconhecidos, precisamos antes de tudo reconhecer; reconhecer a importância de nossa empresa, a importância do nosso cargo e função que desempenhamos, reconhecer que estamos conectados e ajudar nossos colegas a crescer, incentivar as pessoas a melhoria continuada fazendo sempre mais que o combinado. O mundo presta atenção em quem tem este tipo de atenção e mais cedo do que possa esperar estará sendo reconhecido além do que imaginava.

Questione-se:

- Gostaria de ser tratado com respeito, imparcialidade e sinceridade por todos os que o rodeia?

- Gostaria de viver num mundo sem fofocas, sem intrigas, sem violência e mesquinharias?

- Você faz parte de um ambiente pessoal, familiar e de trabalho de colaboração, de ajuda mutua e de crescimento?

A grande dificuldade atual para viver este princípio reside na realidade que nos tornamos demasiadamente competitivos, esquecemos as pessoas que vivem e convivem conosco, estamos muito centrados em nós e paramos de olhar para o lado.

Quer viver mais e melhor? Desenvolva esta qualidade, sempre que for tomar alguma decisão importante que envolva outras pessoas questione-se... Eu gostaria que as pessoas tivessem este tipo de ação a meu respeito? Se sim, você está no caminho certo, se não, reveja seu intento e mude imediatamente.

Um abençoado final de semana a todos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO