BRDE contrata R$ 800 milhões em financiamentos no primeiro semestre

Os financiamentos beneficiaram empresas de todos os portes e segmentos, além de cooperativas e produtores rurais

O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) encerrou o primeiro semestre de 2018 com a contratação de 1.588 novas operações de financiamento, num total de R$ 800,1 milhões contratados. Os financiamentos beneficiaram empresas de todos os portes e segmentos, além de cooperativas e produtores rurais. Os projetos financiados geraram renda e empregos em 90% dos municípios do Sul do País.
Para diversificar a oferta de crédito, o BRDE está trabalhando para ampliar suas fontes de recursos. No primeiro semestre, passou a contar com novos recursos para o Turismo (FUNGETUR) e para projetos sustentáveis via Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD). Os recursos do Sistema BNDES originaram 74,6% das contratações do período, contra 93% no primeiro semestre de 2017. O BRDE é o segundo maior repassador de recursos do Sistema BNDES na Região Sul e o 7º no ranking das instituições financeiras credenciadas considerando todo o território nacional.
Os 25,4% restantes das operações foram viabilizadas com recursos de fontes como as da FINEP com 8,8% dos financiamentos contratados. O BRDE é o maior repassador nacional de recursos do Programa INOVACRED – que financia projetos de empresas inovadoras - e até junho foram contratados R$ 232,1 milhões, ou 32,8% do total nacional. Recursos do FGTS financiam projetos de mobilidade urbana e saneamento, enquanto que projetos de investimentos no Mato Grosso do Sul são viabilizados com recursos do Fundo Constitucional do Centro-Oeste - FCO. O Banco utiliza ainda recursos próprios e outras fontes de recursos.
 
DESTAQUES - Um dos destaques operacionais foi o Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar (PRONAF), com financiamentos de R$ 214,4 milhões contratados no período. O crédito destinado a investimentos fixos (BNDES Automático) somou R$ 122,8 milhões.
Considerando os setores econômicos, o saldo da carteira de crédito estava distribuído da seguinte forma ao final do semestre: a Agropecuária respondia por 33,5%; a Indústria por 24,4%; a Infraestrutura, 21,1%; enquanto o setor de Comércio e Serviços representava 21,0% do total.
 
LUCRO - Em relação ao desempenho financeiro, o BRDE encerrou o primeiro semestre de 2018 com lucro líquido de R$ 65,7 milhões. O montante representa um crescimento de 3% em relação ao primeiro semestre de 2017. O ativo total atingiu R$ 16,9 bilhões, dos quais R$ 13,8 bilhões referem-se a operações de crédito. As operações contratadas pelo BRDE no primeiro semestre de 2018 vão viabilizar investimentos totais de R$ 929,1 milhões na Região Sul, com geração e/ou manutenção de 9.490 empregos e receita adicional de ICMS para os três estados do Sul no montante de R$ 62,9 milhões no ano.
Amparado em sua política de preservar o emprego e a geração de renda, o BRDE firmou contratos de reestruturação de dívidas de seus clientes da ordem de R$ 169,9 milhões, num total de 117 operações. Isso permitiu a manutenção do funcionamento de várias empresas com dificuldades no curto prazo, mas avaliadas como viáveis a médio e longo prazos. A taxa de inadimplência do BRDE segue abaixo da taxa média do Sistema Financeiro Nacional (SFN), atingindo 2,84% ao fim do semestre.
 
SANTA CATARINA – As operações de crédito em SC somaram R$ 285 milhões no primeiro semestre, o que corresponde a 35,6% dos financiamentos contratados pelo Banco. Entre os destaques da agência do BRDE em SC estão o desempenho do programa BRDE Produção e Consumo Sustentáveis – BRDE-PCS no seu eixo Energias Renováveis, que foi responsável por 14,5% das contratações, e o programa BRDE Inova, com 13,1%. Já o programa BRDE Municípios, que concede crédito para o setor público municipal, foi responsável por 11,3% das contratações.
 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Palestra Soluções Criativas e Quarteto Medley na segunda noite do SEAD 2018
Conheça os ganhadores do quinto sorteio do IPTU Premiado
Caçadorense anuncia mais dois reforços para a série C
18ª Mostra EmCenaCatarina chega a Caçador
Prefeitura inicia projeto de resgate histórico de Macieira
Prefeitura vai investir cerca de R$ 142 mil na Escola Silva Paranhos
Programa Mulheres Sim: Gerando renda e construindo sonhos das caçadorenses
ACIC celebra o Dia do Contador com um café da manhã
LEO Cube Caçador: 41 anos de solidariedade e companheirismo
Mais de 700 pessoas na abertura da 1ª Mostra Cultural e SEAD 2018